Fortunecookie

Protagonismo: Você é emocionalmente forte?

Eu estive lendo por esses dias artigos e livros sobre ” ser forte” , mas por acaso (ou não) do destino ontem li um provérbio chinês muito provocador que dizia ” Não há que ser forte. Há que ser flexível.”

Então me lembrei imediatamente de um texto que li ” 15 things emotionally strong people don’t do” de Elite Daily que dizia que há 15 requisitos para que uma pessoa seja considerada como emocionalmente forte.

Faça o seu próprio teste e, se encontrar “fraquezas” que o incomodam, aproveite as dicas para melhorar a sua conduta, pois o seu bem-estar agradece!

É importante reter que, há aspectos particulares da nossa força mental que são determinantes para termos ou não uma vida estável, feliz, organizada e equilibrada; no fundo o que qualquer pessoa deseja, pelo que, existem vários níveis da nossa força mental e todos são necessários para termos sucesso e sermos felizes.
A que tem maior impacto é a força emocional, isto porque, as emoções fazem parte, da nossa componente psíquica, no entanto distinguem-se das restantes qualidades mentais porque influenciam diretamente o corpo físico.
As emoções afetam a forma como o corpo funciona e determinam cada uma das nossas ações, pelo que, sem emoções, não teríamos razões para agir nem para fazer o que quer que seja por nós próprios.
As emoções são as nossas maiores motivações. Infelizmente, conseguem motivar-nos para direções que, nem sempre são as que nos conduzem ao bem-estar, logo, devemos privilegiar a força emocional como algo essencial.
Através destes exemplos, é possível tomar consciência de atitudes que erradamente nos podem levar para um caminho desviante ou pouco feliz, pelo que vale a pena avaliar em nome próprio.

O que uma pessoa emocionalmente forte evita:

1- Não pede atenção

Precisar de atenção está diretamente relacionado com as emoções. Os que sentem necessidade de reconhecimento, apenas se sentem válidos quando os outros os fazem sentir necessários. É como se essas pessoas não estivessem seguras do seu valor. Sentir-se inseguro do seu valor é meio caminho para o não reconhecimento dos outros. Se não sentimos que somos importantes, os outros também não o vão sentir.

2. Não permite que os outros a rebaixem

A força emocional requer resiliência. O mundo está cheio de gente negativa, invejosa e ciumenta. Infelizmente muitas vezes os que nos rebaixam são os que estão mais perto de nós. A melhor solução é livrarmo-nos dessas pessoas, mas é também é uma tarefa difícil, apesar de necessária, já que ninguém pode viver com um constante sentimento de subserviência face a alguém que se julga superior. Se conseguir remover essas pessoas da sua vida é menos um problema emocional.

3. Não guarda rancores

Se guarda rancor está a dar mais importância do que devia a um assunto. Se uma pessoa pede desculpa genuinamente, perdoe de imediato. Se não pedir desculpa, não interaja mais com ela, mas não guarde rancor. Se continuar a dar-se com essa pessoa, vai fazer-lhe mais mal do que bem.

4. Não deixa de fazer a sua vida em função do que acredita

As pessoas emocionalmente fortes fazem o que fazem porque adoram fazê-lo. Não lhes passa pela cabeça abrandar ou parar porque alguém que considera a sua felicidade inapropriada.

5. Não deixa de acreditar em si própria

Quem tem autoestima, sabe muito bem a razão pela qual faz determinadas opções. Desenvolve orgulho pessoal e gosta pelas suas atuações.

Estas pessoas sabem o seu real valor e não precisam que os outros lhes digam.

6. Não são sacanas, nem idiotas

Há pessoas más, sim, e perguntamo-nos porquê. Ser mau só serve para intimidar o outro. Se quer intimidar, é preferível negociar. Se está a intimidar apenas por prazer, obviamente está a compensar uma falta de autoconfiança.

7. Sabe muito bem como não deixar os outros interferir na sua vida

Os emocionalmente fortes são fortes por uma razão: Não se deixam expor a pessoas que destroem as suas defesas e lhes esmagam a moral. Muitas pessoas sentem-se perdidas e adoravam levá-lo com elas. Não deixe que lhe arruínem a felicidade.

8. Não tem medo de amar

Se tem medo de amar, não confia suficientemente em si próprio. Obviamente não deve manter um relacionamento condenado ao fracasso. E também não quer ser outra vez magoado, porque ser magoado não é agradável. Não há razão para ficar destroçado quando se tem confiança em si próprio. Se as coisas não dão certo, a culpa é de ambas as partes.
Claro que existem casos em que, a pessoa é tão má que, não se encaixa na vida de alguém, mas isso são raros casos!

9. Não fica na cama, com medo de enfrentar o dia

A melhor parte do dia devia ser quando acorda e realiza algo que o mantenha vivo. Tomamos a vida como garantidas demasiadas vezes.

10. Não tem medo de moderar

As pessoas emocionalmente fortes não sentem necessidade de ação e excitação constantes. Não precisam de passar o dia a correr a fim de evitar os seus medos. Apreciam um momento tranquilo, porque os aproxima do sentimento de não fazer nada senão viver e respirar.

Não significa que não apreciam excitação na vida, mas não são adeptos a ela. Ficam mais do que felizes em dar um simples passeio e cheirar flores.

11. Não faz coisas que não quer fazer

Todos nós fazemos coisas que não gostamos, mas não devíamos fazer o que não queremos fazer. As pessoas emocionalmente fortes percebem isso e quase sempre arranjam forma de se focarem no que gostam de fazer e, por acréscimo, no que precisa de ser feito. Apesar de não apreciarem cada minuto do que estão a fazer, valorizam a tarefa porque os aproxima mais do que realmente adoram fazer, pois são capazes de contornar o aspecto menos positivo e dar-lhe um sentido pessoal.

12. Diz “não” com facilidade e quando necessário

Se não consegue dizer “não”, as pessoas vão abusar da sua boa-vontade e acabará por ser visto como alguém que não se autovalorizar.
Dizer “não” transmite aos outros a ideia de que tem controle sobre si mesmo.

13. É generosa

Nunca estamos demasiado ocupados ou demasiado pobres para doar tempo ou dinheiro. Muita gente opta por ignorar as suas responsabilidades como seres humanos. Quanto mais forte emocionalmente for, mais aprecia os outros e a vida em si. Valoriza mais a vida e sente-se feliz por dar um contribui a quem mais precisa, o que renova a sensação de bem-estar e de equilíbrio.

14. Não sente que precisa ser aceita

Quanto mais forte emocionalmente for, mais independente será. Não sente a necessidade de ser aceite, porque é aceite onde interessa ser: no Mundo. Pessoas de grupos sociais pequenos são muitas vezes estranhas e pouco saudáveis. Querer ser aceito não é mais do que “Tenho medo de ser eu próprio”.

15. Não se esquece que ser feliz é uma opção

Muito importante: as pessoas emocionalmente fortes aprenderam a perceber o poder que o cérebro tem sobre a mente e o corpo. Percebem que as emoções são reações, não reações a causas físicas diretas, mas à forma como percepcionam essas causas. Por outras palavras, as nossas emoções não refletem realidades, as nossas emoções refletem a forma como interpretamos a realidade. Perceber isto dá-nos controlo quase absoluto das nossas emoções e, portanto, das nossas vidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *