Desenvolvemos nossos trabalhos buscando assessorar a administração da Empresa na identificação de possíveis formas de tratamento das operações, objetivando a simplificação e economia da carga tributária.
Para obtermos o detalhamento das atividades praticadas, efetuamos um diagnóstico das operações avaliando o fluxo das operações realizadas.
Nossas análises têm como objetivo principal validar a apuração dos tributos, o cumprimento das obrigações acessórias, e as aplicações dos procedimentos fiscais, cujos exames são realizados através de testes aplicáveis a cada espécie de tributo, sendo diretos e indiretos (IRPJ, CSLL, PIS, COFINS, IRRF, CSRF, II, IPI, ICMS, ICMS-ST e ISS) visando solucionar os questionamentos levantados pela sociedade.

IRPJ e CSLL

  • Revisão das apurações do IRPJ e da CSLL (LALUR);
  • Enquadramento da forma de tributação de acordo com as receitas auferidas;
  • Revisão dos impostos e contribuições retidas na fonte (IRRF, CSLL, PIS e COFINS);
  • Revisão da Declaração de Informações Econômico-fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ);
  • Análise de PER/DCOMP e suas devidas composições, bem como o extrato de homologação da RFB, com intuito de evitar questionamentos pelo Fisco;

PIS e COFINS

  • Enquadramento da forma de tributação de acordo com o atual regime tributário da empresa e as modalidades das receitas auferidas;
  • Critérios utilizados na composição das receitas tributáveis e não tributáveis, se for o caso;
  • Critérios utilizados na composição dos créditos referentes aos custos e as despesas recuperáveis;
  • Evidenciação das contas constantes nos balancetes contábeis, visando apurar eventuais receitas não consideradas para efeito de tributação, ou custos e despesas não consideradas para efeito de créditos;
  • Análises das alíquotas utilizadas;
  • Revisão da apuração dos valores devidos;
  • Levantamento de eventuais créditos sobre custos e despesas passíveis de questionamento junto ao fisco federal, conforme matérias veiculadas em mídia e respostas à consulta da SRF.
  • Revisão do preenchimento das obrigações acessórias:
  • Declarações de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF);
  • Demonstrativos de Apurações de Contribuições Sociais (DACON);
  • SPED – Contribuições.

IPI, ICMS e ISS

  • Tributação das principais operações fiscais praticadas;
  • Análise do enquadramento fiscal;
  • Análise da emissão dos documentos fiscais (CFOP, descrição dos serviços/mercadorias) e Escrituração dos registros fiscais;
  • Revisão da apuração e recolhimento dos impostos indiretos (IPI, ICMS e ISS);
  • Verificação dos procedimentos adotados para aproveitamento dos impostos não-cumulativos;
  • Análise dos contratos de prestação de serviços;
  • Análise das entradas e saídas no âmbito Estadual;
  • Revisão das operações de compras realizadas em conta e ordem dos beneficiários; e
  • Revisão das obrigações acessórias.

Ficou com alguma dúvida?

Entre em contato conosco e vamos conversar!